sábado, 11 de janeiro de 2020

POST DA SEMANA Magnum - The Serpent Rings (2020) UK



Magnum é uma das poucas bandas que ainda usam esses efeitos eletrônicos que eram 'populares' na década de 80. Os que Judas Priest - e outras bandas - usavam na era "Turbo". Podem-se ouvir os efeitos sonoros eletrônicos e teclados de dança que infectam faixas como "Where Are You Eden?" e "You Can’t Run Faster Than Bullets".
De fato, "The Serpent Rings" é um álbum muito bom, porque mantém a unidade principal dos Magnum. Para os fãs dos Magnum, "The Serpent Rings" não guarda segredos. Além disso, Magnum não é estritamente uma banda de Metal. É muito mais confortável dizer que eles são Art Rock ou AOR com alguns toques pungentes de Metal em faixas como "Not Forgiven" e a faixa-título "The Serpent Rings". Por outro lado, existem faixas como "House of Kings" que são puramente Art Rock.
Magnum é uma banda que tem uma grande vocação para os grandes. "The Serpent Rings" começa com "Where Are You Eden?", Cujo aperto gigante lembra muitos mestres de AOR como Foreigner ou Survivor. As sequências de piano a partir do quarto minuto em diante são matadoras. Sim, Magnum realmente tem uma grande influência sobre o imponente e o enorme. Claro, às vezes a banda força o domínio do pop como em "You Can’t Run Faster Than Bullets" ou em "The Archway Of Tears", mas tudo está no roteiro, incluindo os refrões e riffs deliciosos e cativantes. Magnum é uma banda autêntica que faz isso há quase quarenta anos.
Francamente, não acredito que "The Serpent Rings" seja um álbum apenas para fãs. Se tu gostas de Prog Rock, Prog Metal, Hard Rock e AOR, este é o álbum certo para ti. Se tu estás com disposição para algo elegante, delicado e por mais empolgante, "The Serpent Rings" é para ti. Não é o álbum mais pesado e rápido que já ouviste, mas oferece momentos de satisfação genuína.





Temas:
01. Where Are You Eden?
02. You Can't Run Faster Than Bullets
03. Madman or Messiah
04. The Archway of Tears
05. Not Forgiven
06. The Serpent Rings
07. House of Kings
08. The Great Unknown
09. Man
10. The Last One on Earth
11. Crimson on the White Sand
Banda:
Tony Clarkin - guitar
Bob Catley - vocals
Dennis Ward - bass guitar
Rick Benton - keyboards
Lee Morris – drums










Sem comentários:

Publicar um comentário