terça-feira, 1 de dezembro de 2020

Omega - Testamentum (2020) Hungria

Foi lançado o novo álbum dos Omega, Testamentum.
Dezoito canções foram gravadas no novo álbum Testamentum dos Omega, cujo resumo é marcado pelas mortes de László Benkő e Tamás Mihály.
Testamentum é o décimo sétimo álbum de estúdio da lendária banda Omega, que existe desde 1962 e cujo trabalho já se arrasta há quase quatro anos. Com a morte do teclista e compositor László Benkő , János Kóbor foi o único membro fundador, o baixista Tamás Mihály , que também faleceu nos últimos dias e foi um membro chave por quase cinco décadas, tocou pela última vez com a orquestra em 2014.
A música do novo disco, segundo o vocalista, pode ser descrita como "rock total"; Os elementos clássicos, sinfónico, rock progressivo e espacial dos Omega se misturam num som moderno.
Como se observou, a formação mais recente dos Omega foi o Celestial Sign de 2006. O lançamento dos Omega, Once Upon a Time in the Wild , lançado em 2017, foi uma espécie de "travamento do tempo" da parte deles, porque embora incluíssem várias músicas novas, eles ainda estavam trabalhando no Testamentum, então em conexão com o 55º aniversário da banda, um ex-Leste Europeu seus colegas (Puhdys, SBB, Olimpic), bem como a banda irmã Scorpions e suas canções foram trazidas à tona na época.
Dezoito canções foram adicionadas ao Testamentum, que agora está sob os cuidados da GrundRecords. Além das novas composições na maioria (incluindo a Mennyben az angyal, az Álom XXI. század, A démon vagy a Légy hű magadhoz!) Sucessos anteriores dos Omega (A Föld árnyékos oldalán; Varázslatos, fehér kő; Huszadik századi városlakó; A holló; A látogató) também podem ser ouvidas. Os novos textos foram escritos por dois grandes letristas da história dos Omega, o mundo mais místico Péter Sülyi e o mais específico András Trunkos.
András Trunkos, que também é produtor dos Omega, que assinou o Testamentum como produtor ao lado de János Kóbor, disse que a editora alemã do álbum distribuirá o material em vários países, dos Estados Unidos ao Japão, em inglês e alemão. Os planos incluem um filme do Testamentum.
Omega é uma das bandas de rock húngara de maior sucesso de todos os tempos, vendendo mais de 50 milhões de álbuns em todo o mundo. Tem sucessos como Petróleumlámpa, o Gyöngyhajú lány vagy ou Fekete pillangó. A formação clássica da banda foi formada em 1971, da qual, além de János Kóbor, o guitarrista György Molnár e o baterista Ferenc Debreczeni ainda são membros da banda, mas Omega foi o guitarrista Tamás Szekeres e o baixista Kati Szöllősy por muitos anos. Entre 1963 e 1971, József Laux , Tamás Somló e Gábor Presser também integraram a era beat.


Temas:

01. A Sotetseg Kapuja (Nyitany)
02. A Fold Arnyekos Oldalan
03. A Langolo Huszadik Szazad
04. Varazslatos, Feher Ko
05. Mennyben Az Angyal
06. Huszadik Szazadi Varoslako
07. Jojj, Szabadito!
08. Alom Xxi. Szazad
09. A Hollo
10. A Demon (Lilith)
11. Ideje A Pontot Kitenni
12.
Hangyanep (Szornyu Porszemek)
13. Gloria Et Honor Deo
14. A Latogato
15. Legy Hu Magadhoz!
16. Alomszinhaz
17. Halotti Beszed
18. Utolso Itelet

Banda:

Laszlo Benko / keyboards
Tamas Mihaly / guitars
János Kóbor / voclas
Ferenc Debreczeni / drums

Sem comentários:

Publicar um comentário