sábado, 12 de dezembro de 2020

Black Paisley - Rambler (2020) Suécia

Black Paisley, eles estão de volta em 2020 com um novo álbum de músicas heavy e melodic Bluesy, que abrem com o som de 'Damned' como ZZ Top e Robert Palmer. É uma grande abertura para um novo álbum bastante satisfatório com o qual eu realmente só tenho um problema - são apenas 8 faixas.
O próximo single impecavelmente vestido 'Without Us' é o próximo e aparece como uma suave versão europeia do som de uma banda como Thunder. E mantém esse alto padrão com o groove habilidoso de 'Higher Love'; e o simplesmente maravilhoso 'Save the Best', que tem elementos de Cheap Trick nos seus ricos e contagiantes grooves melódicos e é o meu tema favorito.
Infelizmente, a esta altura, metade do álbum já se foi.
Há um encontro entre Magnum e Whitesnake com um toque europeu de 'Timeless Child' e algumas melodias maravilhosas, um solo matador e ótimas letras; e mais Thunder and Whitesnake em 'Take Me to the River'. Seis temas e nenhum errado.
Voltamos firmemente ao Blues com a penúltima faixa 'Falling', a única balada, uma bela (e bastante óbvia) homenagem a Gary Moore que capta o sentimento de sua música maravilhosamente bem. A faixa final 'Give It Up' apresenta o meu trabalho de guitarra favorito do álbum, e completa um disco perfeito que pode ser o melhor de Black Paisley até agora.
Classic Rock da Suécia que está ao lado dos melhores do mundo. Algumas faixas faltam para uma obra-prima.




Тemas:
01. Damned (04:00)
02. Without Us (04:15)
03. Higher Love (03:38)
04. Save the Best (03:53)
05. Timeless Child (03:34)
06. Take Me to the River (04:08)
07. Falling (04:16)
08. Give It Up (04:10)

Banda:
Stefan Blomqvist - Lead vocals and guitar
Franco Santunione - Guitars
Jan Emanuelsson - Bass
Robert Karaszi - Drums and Percussion




Sem comentários:

Publicar um comentário