domingo, 18 de agosto de 2019

Fretless - Damnation (2019) Suécia



É uma pena que muitos escritores de história sobre linhas de tempo do Metal pareçam ignorar a importância do nome ACCEPT. Basicamente, eles são os precursores de muitos géneros de metal que nasceram na Europa. E eles são uma grande influência para as escolas alemãs, suecas e finlandesas, ocupando o mesmo lugar que JUDAS PRIEST está na escola de metal dos EUA. Então, ouvir um trabalho de uma banda como a FRETLESS, um quarteto sueco da Vansbro / Ludvika / Borlänge, mostra claramente sobre “Damnation”, seu último trabalho. Musicalmente, é uma forma de moderno Hard Rock com altas doses de influência de tradicional Heavy Metal na sua música (especialmente do Heavy Metal Alemão), então o ouvinte deve estar preparado para um alto nível de energia, refrões encantadores e a alta quantidade de agressividade fluindo de suas melodias. Claro que não é nada novo em termos de género Metal, mas funciona bem na mão da banda, pulsando com personalidade.
Sobre a qualidade do som, "Damnation" mostra um Robert Romagna muito bom na mixagem e masterização, dando forma e fazendo o álbum soar alto, limpo e pesado nas proporções corretas. Sim, soa agressivo e forte, e eles usam um bom conjunto de músicas em cada instrumento musical. Todas as músicas são muito boas, mas seus destaques estão no refrão hino de “Burn” (guitarras e vocais muito bons, mas alguns toques de teclados também podem ser ouvidos), a suave agressividade melódica em “Let's Get High” e “Higher Ground” (ambos permeados por uma boa dose de acessibilidade musical, mas mantendo o peso musical devido ao trabalho do baixo e da bateria), a pesada balada ouviu em “Black Moon” , o equilíbrio entre agressividade e melodias cativantes ouvidas em “Spread Your Wings" e "No More" (mais uma vez, riffs de guitarra e bons vocais) e os tempos muito bons de "Spellbound". Mas mais uma vez: o álbum inteiro é muito bom.





Temas:
01. Unholy War
02. Burn
03. Let's Get High
04. Higher Ground
05. Black Widow
06. Black Moon
07. Spread Your Wings
08. Damnation
09. No More
10. Sweet Cherie
11. This is My Home
12. Spellbound
13. Freedom
Banda:
Patte Carlsson – vocals, guitars
Linus Andersson – guitars, backing vocals
Lasse Strand – bass, backing vocals
Ludwig Tornemalm – drums, backing vocals
Convidados:
Dennis Forsberg – Let's get High, Spellbound – bass
Mattias Bergstedt – Black Moon, Freedom, This Is My Home, Sweet Cherie – drums

Per-Erik Eliasson – Burn – Hammond Organ

Coverartwork - Cadies Art




Sem comentários:

Publicar um comentário