quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Vision Divine - When All the Heroes Are Dead (2019) Itália



O novo álbum dos VISION DIVINE 'When All The Heroes Are Dead' foi lançado em 25 de outubro de 2019, onde a banda de melódico progressivo metal parece cativante como sempre, incluindo os talentos hipnotizantes de Mike Terrana (o baterista mais movimentado do mercado) e Ivan Giannini, um dos novatos mais quentes entre os vocalistas de metal.
Gravado e mixado pela talentosa Simone Mularoni, 'When All The Heroes Are Dead' é facilmente o melhor álbum dos Vision Divine até hoje.
Quando está bem feito, como ouvimos aqui, há uma certa magia sobre o progressivo metal moderno da qual é difícil me libertar, e os Vision Divine lembram-me o quanto profundo eu estou.
Desde as primeiras instâncias de 'The 26th Machine', os coros, o som motivador dos vocais e os momentos montanhosos 'maiores que a vida', filmados com o poder e a precissão associados ao género. Momento ainda mais especial ocorreu quando os solos do teclado entraram em ação, portanto eu já havia afundado profundamente sob o encantamento dos Vision Divine.
Dirigindo a ordem de faixas como '3 Men Walk on the Moon', 'Fall from Grace' e 'Were I God', a dose de nostalgia aumenta ainda mais, agora eu realmente acredito que é o início dos anos 2000.
Estas faixas traçam a própria planta do melódico progressivo metal com ainda mais precisão. Era um acordo feito, eu não conseguia superar o quanto bom é este novo álbum, “When All the Heroes Are Dead”.
O movimento entre vários estados de espírito é fenomenal. Musicalmente, a banda é impecável (menção especial ao trabalho matador de bateria de Terrana, enquanto o novo vocalista Ivan Gianni se sente vital, poderoso e limpo. Seus tons altos e baixos são sinceros; assim, os sentimentos são transmitidos de forma convincente; ouve ‘While the Sun is Turning Back’ e entenderás: uma música tão bonita, ótimos riffs, timbres, muito conteúdo emocional, vocais incrivelmente bons, absolutamente fascinante música prog metal.
O Vision Divine tem uma mistura tão coesa de ritmos e emoções que é fácil ver por que eles têm e continuam sendo uma força dominante no metal progressivo; e com a adição do novo cantor Ivan Gianni, o futuro da banda parece intacto.




Temas:
01. Insurgent (Intro)
02. The 26th Machine
03. 3 Men Walk On The Moon
04. Fall From Grace
05. Were I God
06. Now That All The Heroes Are Dead
07. While The Sun Is Turning Black
08. The King Of The Sky
09. On The Ides Of March
10. 300
11. The Nihil Propaganda
Banda:
Ivan Giannini – Vocals
Olaf Thorsen – Guitars
Federico Puleri – Guitars
Alessio Lucatti – Keyboards
Andrea “Tower” Torricini – Bass
Mike Terrana – Drums






Sem comentários:

Publicar um comentário