segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Steel Panther - Heavy Metal Rules (2019) USA



Com uma carreira de dez anos e cinco álbuns atrás deles, é quase impossível não ter ouvido falar de Steel Panthers, a menos que tenhas vivido sob uma rocha até agora. A banda de tributo dos excessos dos anos oitenta, perpetuamente presa em 1985 completamente paródico, feito de stripper, cabelos grandes e festas de rock, tendo atingido o quinto álbum de estúdio, começa a se deparar com a perda fisiológica de frescor e desapego de sua mistura típica do glam rock de Sunset Boulevard e da grotesca paródia de um modus vivendi liberado durante a década de ouro do mainstream metal por bandas como Motley Crue, Poison e afins, e, consequentemente, agora está na posição de ter que ajustar o tom para não aborrecer o ouvinte. Os Steel Panthers sempre foram excelentes músicos, capazes de escrever bons temas, perspicaz e muito bem organizada, mesmo que a letra e a constante busca de vulgaridade e risadas rasgadas a todo custo comece a ser um pouco apertada. Essas “Heavy Metal Rules”, felizmente, demonstram uma abordagem um pouco mais madura na rentabilidade das musicas e na arquitetura das mesmas, que parecem ter uma dimensão mais pessoal do que o simples trabalho de colar cópias do passado, mas os textos idiotas e realmente de boca suja demais são sempre os mestres e, infelizmente, o escritor acha muito difícil discernir a forma da música a partir dos textos, que de alguma forma degradam o quanto bom podemos conseguir produzir. Entre os episódios mais notáveis, temos "I'm Not Your Bitch", com seu vigoroso riff e realmente um super refrão, a faixa de título que floresce lentamente numa power balada, com uma música muito bonita ou até "Sneaky Little Bitch" que serpenteia nas faixas da marca Bon Jovi.
Como sempre, os Steel Panther dividem a opinião pública entre aqueles que os amam e os que os odeiam, entre aqueles que consideram as piadas e a natureza despreocupada da proposta irresistíveis e que os consideram um mero pontinho que não merece atenção. Mesmo neste último episódio, a situação muda pouco, mas talvez o suficiente para nos fazer esperar pela evolução futura. Os fãs da banda podem facilmente aumentar a votação na metade de um ponto, para todos os outros que os ignoraram até agora, estas “Heavy Metal Rules” certamente não mudarão de ideia.





Temas:
01. Zebraman
02. All I Wanna Do is Fuck (Myself Tonight)
03. Let's Get High Tonight
04. Always Gonna Be a Ho
05. I'm Not Your Bitch
06. Fuck Everybody
07. Heavy Metal Rules
08. Sneaky Little Bitch
09. Gods of Pussy
10. I Ain't Buying What You're Selling
Banda:
Ralph Sainz (Michael Starr) - vocais, guitarra acústica
Ras Perrish (Satchel) - guitarra, guitarra solo, coro
Travis Haley (Lexxi Foxxx) - baixo, coro
Darren Leader (Stix Zadinia) ) - bateria, coro







Sem comentários:

Publicar um comentário