sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

POST DA SEMANA Speed Limit - Anywhere We Dare (2017) Áustria



Speed Limit é outra banda que não apareceu no estúdio de gravação faz algum tempo. O último álbum da banda austríaca foi o Moneyshot de 2010, e isso aconteceu depois de uma ausência ainda maior de 18 anos. Agora, a banda regressa com o seu quinto álbum, Any Where We Dare e dois novos membros: o baterista Hannes Vordermayer e o vocalista Manuel Brettl.
Ainda mais, os Speed Limit mudaram ou, talvez melhor, voltaram para as suas raízes dos anos oitenta. O Moneyshot de 2010 pode ser descrito como melódico hard rock numa embalagem AOR. Hoje Any Where We Dare encontra a banda de regresso aos seus começos de NWoBHM. As músicas dentro deste álbum estão definitivamente mais próximas do melódico heavy metal, se não, no mínimo, mais melódico hard rock. Notavelmente, os riffs são mais fortes e mais nítidos na harmonia de guitarras duplas e o ritmo mais assertivo e poderoso, às vezes, um ritmo rápido. Ambos os elementos dão a muitas das músicas um som grande e épico. No entanto, dentro e por baixo da melodia, harmonia, e groove de hard rock permanecem e aumentam, assim como os arranjos vocais. Manuel Brettl tem uma presença forte, obedientemente assertiva, mas melódica.
Com alguns ligeiros momentos moderados, Speed Limit oferece um heavy e metal resistente. Sober Truth, Step Out The Line, Dealing With Danger, e o tema do título, que inicia o álbum, são algumas das músicas de heavy metal mais assertivas. Alternativamente, alguma moderação vem com No More Ace To Play, que varia em tempo e peso. O Sign Of The Times é um hino de metal. Começando com guitarra acústica e teclados ligeiros com uma voz alegre, ele se desenvolve deliberadamente para um grande solo de guitarra. Affinity Of Souls, o tema de encerramento, é uma balada de rock genuíno, com voz, harmonia vocal e assobios por cima da guitarra acústica.
Em suma, olhando para o seu álbum anterior, o Speed Limite e Any Where We Dare é um regresso refrescante às origens do melódico metal NWoBHM. Espero que seus fãs gostem disso.





Тemas:
01. Anywhere We Dare
02. Sober Truth
03. Sweet Morphine
04. No More Ace to Play
05. Step Out of the Line
06. Sign of the Times
07. Good Year for Bad Habits
08. Retired Hero
09. Bridges
10. Dealing with Danger
11. Affinity of Souls
Banda:
Chris Pawlak - Bass
Chris Angerer - Guitars
Joe Eder - Guitars
Hannes Vordermayer - Drums
Manuel Brettl – Vocals








Sem comentários:

Publicar um comentário