segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Mr. RIOT - My Life, My Road (2017) Itália


"My Life, My Road" é o novo álbum dos melódico rockers italianos MR. RIOT, e a coisa mais louca sobre isso é que a banda anunciou que se ia dissolver antes do lançamento. É uma pena, porque estes músicos estavam entre as bandas mais promissoras do género, pelo menos da Itália.
Na verdade, MR. O RIOT apresentou uma estreia muito sólida há três anos, e esta "My Life, My Road" - seu segundo e último álbum - apresenta uma musica madura, algumas performances fantásticas e uma produção brilhante.
"My Life, My Road" foi gravado no início deste ano, mas MR. O RIOT decidiu terminar alguns meses atrás. Isso aconteceu em bons termos, e o grupo decidiu lançar o álbum de qualquer maneira.
E felizmente que eles fizeram isso porque é uma coleção de músicas de mlodic hard rock bastante bom.
O melódico hard rock americano dos finais dos anos 80 é o verdadeiro espírito do álbum inteiro, hooky n 'catchy, além de coros contagiosos na atual linha escandinava.
Desde o principio "All The Promises", vais ficar surpreso com a produção cristalina e polida. Este é um número de corrida, mas o pré-coro é altamente harmonizado, e o coro principal é cativante com teclas modernas em segundo plano. Não muito longe de BROTHER FIRETRIBE, ou mesmo de H.E.A.T
Próxima faixa, do título 'My Life, My Road' rocks com um riff seco e uma melodia WHITE LION, enquanto 'Word' é uma semi-balada muito bem trabalhada com pianos, sintetizadores, guitarras rudes, e sólidos vocais do recém-chegado Thomas Libero.
Se gosta de um hino de hair metal e punho no ar, então é melhor ouvires "Never (All Your Lies)", um dos melhores hinos de melódico hard rock em 2017 para mim. Ele tem tudo: um riff de guitarra BON JOVI de 1985, preenchimento de teclado, versos enérgicos e um coro pronto para o estádio com oh-ohs e tudo!, mas muito bem feito e organizado.
E a qualidade continua com o 'Superstar' (parecido com o Mr. BIG), o "10.000 miles" de bom senso, um uptempo rocker mas adicionando acústica na mistura (faz lembrar TRIXTER) e a boa balada 'Little Child', um dos destaques.
Se precisas de mais referências, 'One More Day' mistura o clássico TYKETTO com um moderno CRAZY LIXX, mas MR. RIOT criou o seu próprio som aqui - como em todo o álbum - e este rocker é tão malditamente bem organizado! Canção matadora.
'Fly Away' é uptempo e divertido com sintetizadores ao lado do riff forte e os versos altamente melodiosos (um pouco de HEAVEN'S EDGE aqui), enquanto 'I'll Be There' é a música típica e boa - acústica que fez de EXTREME as superestrelas.
Para o final, a banda reservou uma faixa AOR / metálica moderna em 'Here I Am', com muita harmonia vocal fornecida por amigos como Marco Basile (Mind Key), e onde Simone Mularoni (Sunstorm, Place Vendome) entrega um solo abrasador.
Como disse, é uma pena que essa banda não exista mais. Ouvindo "My Life, My Road", asseguro-te que MR. RIOT estava pronto para as principais ligas.
Há músicas muito bem trabalhadas no molde de melódico hard rock, mas adicionando um "toque especial" na instrumentação que torna o álbum ainda mais agradável, sem perder a motivação e a melodia.
A produção é de primeira qualidade, bem como a mistura que fornece o som apropriado para que essas músicas brilhem.





Temas:
01 - All The Promises
02 - My Life, My Road
03 - Never (All Your Lies)
04 - Word
05 - Superstar
06 - 10.000 miles
07 - Little Child
08 - One More Day
09 - Fly Away
10 - I'll Be There
11 - Here I Am
Banda:
Thomas Libero - lead vocals
Mario Nappi - guitar, keyboards
Angelo Armento - guitar, backing vocals
Denny Riot - drums, backing vocals
Com:
Andrea Buratto (Hell In The Club) - bass
Giacomo Facciotti - violin on "Word"
Chiara Facciotti - backing vocals
Marco Basile (Mind Key) - guest vocals on "Here I Am"
Simone Mularoni (Sunstorm) - guest guitar on "Here I Am"




Sem comentários:

Publicar um comentário