sábado, 22 de fevereiro de 2020

Russ Ballard - It's Good to Be Here (2020) UK


Criador de muitas partes da banda sonora de nossas vidas. Sim, o veterano vocalista e compositor britânico RUSS BALLARD está de volta com um novo álbum intitulado "It's Good To Be Here" o seu décimo e mostra não apenas o seu jeito misterioso com melodia e letra, mas também seu lado mais atencioso. Além disso, ele executa alguns dos sucessos escritos para outros artistas como 'New York Groove', 'Since You Been Gone' ou 'You Can Do Magic'.
Se já viajaste pelo mundo, por desejo ou necessidade, deve ter notado que sempre há uma estação de rádio tocando uma música escrita por Russ Ballard.
Os conhecedores do Rock reconhecerão os sucessos mundiais dos Kiss / Ace Frehley, 'God Gave Rock'n'Roll To You' e 'New York Groove'; os clássicos dos Rainbow 'Since You Been Gone' e 'I Surrender', todos provenientes da fértil caneta de Ballard.
Aparentemente, ele passa muitos dias e horas escrevendo e gravando, mas este é seu primeiro lançamento convencional em 5 anos.
O álbum é puro Ballard desde o início com 'My Awakening', um roqueiro inspirado nos anos 80 como a maioria do material aqui.
'Kickin The Can' se desenrola como uma síntese inteligente dos ritmos ocidentais, escrita ao som do rock popular do século XXI. É fabulosamente tridimensional, deslumbrando-nos com tons e ritmos exóticos, apoiados por uma grande orquestração
O filho de Ballard, Christian produziu e mixou o álbum, e ele tem ouvido para obter detalhes finos da textura.
Liricamente, músicas como 'Annabel's Place' e 'Wasted' são olhares provocativos para o passado de Ballard. Imagens poderosas e músicas memoráveis, trocando a consciência, os vocais de "call and response" incomodando com passagens espaciais e proggy-pop, dando uma sensação épica a essas reflexões claramente pessoais.
Mas, na realidade, tudo é pessoal aqui. Às vezes dolorosamente, como no sentimento avassalador de perda evocado pela 'Time Machine'. Mas da mesma forma, a deslumbrante onda de otimismo do melódico rock do ‘Tidal Wave’ e o mais contemplativo 'Colliding' farão com que tu fiques alternadamente animado e se divirta com as melodias orbitais dessas músicas.
Ballard reconhece seu sucesso nas composições antigas nas três últimas músicas do álbum.
Ele habilmente transforma 'Since You Been Gone' numa balada dolorosamente eloquente, esboçada ao redor do piano e tocando instrumentos de corda, repetindo o truque em 'You Can Do Magic', criando profundidade e drama a partir de um motivo de piano ressonante e vocais de fundo oscilantes.
Mas é o 'New York Groove' que causa a maior impressão. Aqui, o toque suave e sedoso de uma guitarra acústica fornece todo o impulso necessário para esta versão descontraída e flexível.
Ballards na sua melhor forma em “It's Good To Be Here”: suas composições sempre serão ótimas, mas ele também é ótimo em termos vocais, e ele encontrou um ótimo parceiro no seu filho, produzindo sua nova música com detalhes, claros e intocados.





Temas:
01. My Awakening
02. Time Machine
03. Kickin' the Can
04. Annabel's Place
05. Wasted (The Last Ride)
06. Colliding
07. Tidal Wave
08. The First Man That Ever Danced
09. The Misunderstood
10. Proud Man
11. New York Groove
12. Since You Been Gone
13. You Can Do Magic








Sem comentários:

Publicar um comentário