segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Lucifer Was - Morning Star (2017) Noruega


Começo por admitir que não sabia quem era Lucifer Was antes de ouvir este álbum. Após a minha primeira audição do seu álbum Morning Star, fiquei impressionado com o som clássico que dum lançamento em 2017.
Na procura de informações sobre a banda levou-me à sua página do Facebook, onde li que eles começaram na década de 1970 - mas seu primeiro álbum não foi lançado até 1997! - e que duas das músicas do novo álbum têm suas origens em fitas da era inicial. Este será a sua sétima versão.
Isto é heavy rock progressivo (com uma pitada de krautrock) com uma produção forte. Parece realmente espetacular. Existe um power no tom de guitarra. E eu também um grande som de bateria.
Minha faixa favorita do álbum é o ultimo tema, Pure. O órgão é puro êxtase.
O som do álbum pode estar enraizado num tempo clássico, mas não é limitado.
Achei isso uma agradável, balançando a cabeça, oiça.
Se gostas de um som heavy com seu prog, acho que vais gostar de Morning Star.






Тemas:
01. As It Comes
02. A Forest Of Zaqqum Trees
03. Tube Music
04. Cold Up Here In The North
05. Sea Of Sleep
06. Sunday Morning Griever
07. Pure
Banda:
Jon Ruder Lead - vocals
Thore Engen - Lead guitar, acoustic guitars, zither, vocals
Dag Stenseng - Flute, vocals
Anders Sevaldson - Flute
Einar Bruu - Bass
Kai Frilseth - Drums, percussion
Arild Brøter - Drums, percussion
Andreas Sjo Engen - Guitar, cigar-box slide guitar, vocals
Arne Martinussen - Organ, piano, Mellotron, harpsichord


Sem comentários:

Publicar um comentário