domingo, 4 de março de 2018

POST DA SEMANA Michael Schenker Fest - Resurrection (2018) Alemanha



MICHAEL SCHENKER FEST é o novo projeto do lendário guitarrista alemão Michael Schenker, e o primeiro álbum "Resurrection" foi lançado no próximo dia 2 de março. Incluindo novas músicas, o álbum apresentou todos os ex-vocalistas de MSG reunidos de novo.
O disco, produzido por Michael Voss-Schön, foi gravado em quatro locais diferentes durante um período de cinco meses e apresenta aparições de convidados como Kirk Hammett dos METALLICA, Wayne Findlay e Michael Voss-Schön, além de contribuições de três MSG originais (MICHAEL SCHENKER GROUP) - Gary Barden, Graham Bonnet e Robin McAuley - mais Doogie White, que toca com Michael nos MICHAEL SCHENKER'S TEMPLE OF ROCK.
Também aparece no álbum Doogie White, e o talentoso Steve Mann (LIONHEART) nas guitarras e teclados, enquanto a seção rítmica é o clássico MSG com Ted McKenna (bateria) e Chris Glen (baixo).
O título de "Resurrection" é apropriado para a música deste álbum, pois é um renascimento da influente composição e da guitarra que fez de Michael Schenker uma lenda. Ouvir o álbum evoca um sentimento de possibilidade, de celebração e triunfo.
O álbum abre com o ritmo acelerado de "Heart and Soul". Esta música imediatamente lhe dá esse sentimento de metal heroico e estilo bombástico com grandes solos de Schenker e do convidado especial Kirk Hammett. Kirk é um ávido fã de Schenker e faz um magnífico trabalho homenageando o seu herói da guitarra.
A cantar, o lamento de McAuley está em pleno efeito. Não é de admirar, a exaltação alegre de "esta é para ti" está no teu coração.
"Resurrection" aproveita ao máximo o talento vocal no álbum. Cada vocalista tem uma música onde eles são o principal vocalista com os outros fazendo coros de fundos. As verdadeiras joias desta gravação são as músicas "Warrior" e "The Last Supper", que apresentam todos os quatro vocalistas em elaboração contra segmentos de coro.
Combinado com os emotivos solos de guitarra de Schenker, isso faz um desempenho musical que levantou os cabelos dos meus braços.
Mas, embora esse registro seja principalmente excessivamente exagerado, não é contrário a um apropriado som explosivo de metal. "Take Me To The Church" é exatamente isso e não haverá um punho que não vá ao ar quando é tocado ao vivo, e "Night Moods", que encontra Graham Bonnet fazendo o que só ele pode fazer, tem o ar de Judas Priest revestido por Deep Purple e o desempenho de Doogie White em "Girl With Stars In Her Eyes" traz sombras de clássico Rainbow.
Bonnet está de volta em "Everest", que não só sobe alto, mas também é um exemplo impressionante das habilidades de Schenker, enquanto Gary Barden está divertido e brincalhão em "Messin 'Around". Um pouco como UFO, não negamos isso, soaria como enchimento em outras mãos. Aqui, parece que todos se divertiram.
"Time Knows When It’s Time" é o som do metal. Puro e simples, e "Anchor's Away" combina a ambição impressionante de soar como se fosse de uma partitura de filme, com a grandiosidade de uma vida nas ondas do mar. "Living A Life Worth Living" outra das contribuições do Barden, é muito comercial, com um enorme coro que pertence à Eurovisão.
Michael Schenker Fest 'Resurrection' oferece uma deslumbrante montagem sonora de um dos músicos mais influentes da música rock e metal. Michael Schenker reuniu um elenco com todas as estrelas, incluindo os talentosos vocalistas Gary Barden, Graham Bonnet, Robin McAuley e Doogie White para criar vistas panorâmicas do triunfante clássico hard rock.
Glória para Schenker, porque este projeto é talvez um testemunho da qualidade da estrela do próprio homem que não é o centro de atração, e que MSF é muito uma banda. Só uma vez, em "Salvation", ele se dá ao luxo de um instrumental, que leva em tudo, desde mistura bluesy até a orquestração. É oportuno lembrar de que Schenker ainda é um dos maiores. Mas o mais importante, tem uma grande visão para combinar com o seu incrível talento.
O resultado final é um álbum que se classificará no catálogo lendário de Michael Schenker.





Temas:
01. Heart and Soul (feat. Robin McAuley & Kirk Hammett)
02. Warrior (feat. Gary Barden, G. Bonnet, R. McAuley & Doogie White)
03. Take Me to the Church (feat. Doogie White)
04. Night Moods (feat. Graham Bonnet)
05. The Girl with the Stars in Her Eyes (feat. Doogie White)
06. Everest (feat. Graham Bonnet)
07. Messin' Around (feat. Gary Barden)
08. Time Knows When It's Time (feat. Robin McAuley)
09. Anchors Away (feat. Doogie White)
10. Salvation
11. Livin' a Life Worth Livin' (feat. Gary Barden)
12. The Last Supper (feat. G. Barden, G. Bonnet, R. McAuley & D. White)
Banda:
Michael Schenker - guitars
Gary Barden - vocals
Graham Bonnet - vocals
Robin McAuley - vocals
Doogie White - vocals
Steve Mann - guitars, keyboards
Ted McKenna - drums
Chris Glen - bass
Convidados:
Kirk Hammett, Wayne Findlay, Michael Voss-Schoen




Sem comentários:

Publicar um comentário