domingo, 26 de julho de 2020

POST DA SEMANA : Primal Fear - Metal Commando (2CD Digipak) (2020) Alemanha



Para os fãs de heavy metal os Primal Fear da Alemanha precisam de pouca ou nenhuma introdução. Eles são simplesmente uma ótima banda de melódico power metal com uma saída constante e consistente de álbuns. Da minha parte, sou fã desde o início.
Agora, a banda regressa com o seu último e décimo terceiro álbum, Metal Commando. A gravação oferece duas mudanças: o novo baterista Michael Ehré (The Unity, Gamma Ray, etc.) e uma mudança da Frontiers Music para seu primeiro selo, Nuclear Blast.
Não vou fazer uma explicação elaborada do som dos Primal Fear. Se tu os conheces, sabes como eles soam. (Caso contrário, verifique alguns dos meus outros comentários.) Mas vou mencionar uma coisa que diferencia os Primal Fear. Eles têm três, conte-os, três guitarristas, o que permite grandes quantidades de shredding dos guitarristas Tom Naumann, Magnus Karlsson e Alex Beyrodt.
Caracteristicamente, os Primal Fear são conhecidos por fornecer cativante melódico power metal rock, e tu encontrarás isso com I Am Alive, Along Came The Devil ou Raise Your Fists. Mas a banda também pode oferecer power metal direto, rápido e pesado, com My Name Is Fear ou Halo, que tem uma boa harmonia vocal. Como alternativa, os Primal Fear podem se deliciar com uma balada, o I Will Be Gone, principalmente acústico, que, curiosamente, não oferece um solo de guitarra elétrica. O álbum termina com o épico e longo Infinity, em que Primal Fear oferece power metal bombástico com linhas de guitarra generosas. No entanto, após um solo de guitarra ardente no meio, ocorre um colapso com a guitarra clássica semelhante ao encontrado em I Will Be Gone. Mas, o power metal entra em erupção mais uma vez antes de cair em um final sinfónico bombástico de sintetizador, com bateria grande e mais harmonia de guitarra, e depois um final para piano. Coisas doces. Depois de todas as coisas consideradas, Metal Commando é tudo o que tu esperas e gostas em Primal Fear, excelente e divertido melódico power metal.




Temas:
01. I Am Alive
02. Along Came The Devil
03. Halo
04. Hear Me Calling
05. The Lost & The Forgotten
06. My Name Is Fear
07. I Will be Gone
08. Raise Your Fists
09. Howl Of The Banshee
10. Afterlife
11. Infinity
Bonus CD:
01. Rising Fear
02. Leave Me Alone
03. Second to None
04. Crucify Me
Banda:
Mat Sinner - Bass, Vocals (Goddess Shiva, Jorn, Kiske / Somerville, Level 10, Silent Force, Sinner, Mat Sinner, Voodoo Circle, ex-Scheepers (live), ex-Cans)
Tom Naumann - Guitars (Sinner, Mat Sinner, ex-Godiva (live))
Ralf Scheepers - Vocals (Blackwelder, Scheepers, ex-F.B.I., ex-Gamma Ray, ex-Tyran' Pace)
Magnus Karlsson - Guitars (Allen / Olzon, Kiske / Somerville, Magnus Karlsson's Free Fall, The Codex, The Ferrymen, Planet Alliance, ex-Last Tribe, ex-Midnight Sun, Starbreaker, ex-Allen - Lande, ex-Bob Catley, ex-Scheepers (live))
Alex Beyrodt - Guitars (Jorn, Level 10, Missa Mercuria, Silent Force, Mat Sinner, ex-The Sygnet, ex-Wild Axes, Voodoo Circle, ex-Sinner)
Michael Ehre - Drums (Gamma Ray, Nitewalk, The Unity, Unisonic (live), ex-Love.Might.Kill, ex-Metalium, ex-Murder One, ex-Pryer, Uli Jon Roth (live), ex-Firewind, ex-Starchild, ex-Hansen & Friends (live), ex-Vinnie Moore (live), ex-Matt Gonzo Roehr, ex-Kee Marcello (live))










Sem comentários:

Publicar um comentário